7 razões para investir no Brasil

1. Localização estratégica e mercado

A área total brasileira é de 8.514.876.599 km²

190 milhões de habitantes

O PIB brasileiro medido em PPC representa 35% de todo o PIB da América Latina, atingindo mais de US $ 2 trilhões de PPC em 2007.

O mercado de consumo cobre mais de 900 milhões de consumidores potenciais, considerando Brasil, América Latina e América do Norte.

O Brasil faz fronteira com quase todos os países da América do Sul, exceto Chile e Equador.

 

2. Crescimento Sustentável

O Brasil é a sexta maior economia do mundo, junto com Reino Unido, França e Itália, à frente de Espanha, México e Coréia do Sul.

A economia brasileira apresenta um crescimento sustentável e forte. A taxa de crescimento do PIB brasileiro atingiu 5,3% em 2007, com uma taxa de inflação de 3,7%.

Mais de 32% dos empregos criados na América Latina em 2007 foram no Brasil.

Desde 2003, as exportações brasileiras têm apresentado uma taxa de crescimento maior do que as importações mundiais, resultando em uma maior participação brasileira no comércio mundial.

3. Inovação e tecnologia

O Brasil possui o maior e mais diversificado sistema de ciência, tecnologia e inovação da América Latina.

Possui diferencial competitivo nos setores de construção de aeronaves, exploração de petróleo em águas profundas e desenvolvimento de software.

O Brasil consolidou internacionalmente sua competência na produção de etanol e biodiesel combustível.

Excelência na produção de equipamentos e prestação de serviços médico-hospitalares.

Em 2006, havia 9.396 novos alunos formados em nível de doutor e 29.761 em mestrado no Brasil.

A taxa de crescimento no número de computadores pessoais entre 2002 e 2007 aumentou mais de 120%, atingindo mais de 29 milhões. Esse número representa 40% de todos os computadores pessoais da América Latina durante esses anos.

O número de internautas brasileiros cresceu mais de 270% nos últimos cinco anos, representando 53 milhões de usuários.

 

4. Infraestrutura

67 aeroportos com fluxo anual de 110 milhões de pessoas.

46 portos com capacidade superior a 600 milhões de toneladas / ano.

29.596 km de ferrovias – a décima primeira malha ferroviária do mundo.

1,6 milhão de km de estradas – a malha rodoviária do terceiro mundo.

Linhas telefônicas 100% digitais no Brasil.

O Brasil possui uma das melhores estruturas de comunicação com 125 milhões de linhas móveis, cerca de 42 milhões de linhas fixas e mais de 1 milhão de telefones públicos.

O Brasil vai, por meio do Programa de Aceleração do Crescimento do Governo Brasileiro, investir (considerando recursos públicos e privados) US $ 16,5 bilhões em rodovias, US $ 3,9 bilhões em ferrovias e US $ 1,3 bilhão em portos.

5. Rentabilidade do investimento

Nos últimos anos, o retorno sobre o investimento brasileiro superou a média anual de 26%.

As empresas estrangeiras instaladas no Brasil têm liberdade para enviar seus lucros para seu país de origem.

O Brasil recebeu, em 2007, 30% do Investimento Estrangeiro Direto destinado à América Latina, resultando em uma taxa de crescimento de 99%.

 

6. Força de Trabalho

A população economicamente ativa do Brasil representa 36% da população total da América Latina, tendo chegado a 92 milhões de pessoas em 2007.

16 milhões de pessoas com nível superior possuem atividades técnico-científicas.

6 milhões era o número total de alunos registrados no ensino técnico e superior em 2006.

Tem havido um aumento crescente da produtividade do trabalho brasileiro, nos últimos anos.

 

7. Recursos naturais

Um dos maiores produtores e exportadores mundiais de produtos agrícolas.

Maior produtor mundial de etanol, com 308 usinas instaladas, produzindo 17,7 bilhões de litros por ano.

O maior produtor mundial de minério de ferro.

Maior produtor e exportador mundial de café, cana-de-açúcar e sucos de frutas.

Maior exportador mundial de soja, carne, frango e couro.

Autossuficiente em petróleo, passando de importador líquido em 2005 a exportador líquido, representando o sexto setor exportável no comércio exterior brasileiro.

A matriz energética do Brasil tem 45% de fontes renováveis ​​enquanto para o mundo essa relação é de 14%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.