O que é Firewall de Borda?

A internet facilita bastante a execução de tarefas, mas também é uma fonte de preocupação para os funcionários de TI que precisam proteger dados e informações valiosas. Ter um Firewall de Borda é o caminho para garantir a segurança no ambiente corporativo.

Afinal, proteger dados é uma necessidade de qualquer empresa. Mas no meio digital essa pode não ser uma tarefa muito fácil.

Diante das ameaças, o firewall serve para monitorar o uso do banco de dados da empresa e controlar os acessos aos arquivos da organização. Neste artigo você vai conhecer as principais informações sobre este sistema.

Confira: Os melhores apps de vendas para restaurantes

O que é um Firewall de Borda?

O Firewall de Borda é um mecanismo de segurança que protege os dispositivos de ataques cibernéticos. Na tradução literal para o português, firewall significa “parede de fogo”. Ou seja, ele funciona como uma barreira de proteção que analisa o tráfego de rede para verificar quais operações são seguras ou não. 

No geral, o firewall atua como um filtro que verifica constantemente o fluxo de dados da organização. Com ele é possível prevenir os ataques de vírus e hackers, além de controlar também acesso a blogs, redes sociais e aplicativos que possam deixar os sistemas da organização vulneráveis. 

Como funciona o Firewall?

Na prática, o Firewall de Borda controla o tráfego entre redes de computadores. Com a ferramenta é possível proteger os dispositivos contra conteúdos maliciosos, fraudulentos e perigosos.

O firewall também realiza uma camada de proteção a partir de comportamentos duvidosos, que colocam em risco a integridade das informações. Com o monitoramento comportamental, o sistema trabalha para impedir o ataque de ransomware – um dos ataques mais comuns que criptografam os dados da empresa e impedem que eles sejam acessados.

Para manter esse controle, é necessário configurar as permissões do sistema. Por meio delas será indicado quais pessoas estão autorizadas a acessar determinadas funcionalidades e quais tráfegos serão bloqueados dentro do sistema.

Fazer a instalação do firewall é uma tarefa que precisa ser atribuída a uma empresa de confiança. Afinal, é preciso ter muita atenção e configurar as permissões corretamente.

Confira: Mods de WhatsApp com tema de amor

Por que as empresas devem ter um firewall de borda?

Pense bem, um ladrão anda por uma rua em busca de uma casa para assaltar e se depara com duas situações. A primeira casa tem muros altos e cercas de proteção. A segunda casa tem muros baixos e fáceis de serem pulados. Qual vai ser a escolhida?

A resposta é óbvia: a casa com menos segurança será roubada.

Da mesma forma, as empresas devem se preocupar em afastar os criminosos interessados em roubar suas informações. Quanto maior e seguro for o seu muro, mais difícil será para os invasores romper estas barreiras.

Além da segurança, proteger dados também é uma questão de dinheiro. Um levantamento da empresa alemã Roland Berger mostrou que as perdas globais por cibercrimes podem chegar a 6 trilhões de dólares em 2021.

Apenas no primeiro semestre do ano foram registradas 9,1 milhões de ocorrências por ataques de ransomware. Esses ataques causam custos para as empresas que precisam pagar para resgatar os dados roubados. Sem contar os riscos de ter informações vazadas.

E não há como fugir, todos os países acabam ficando vulneráveis a esses acontecimentos. O Brasil, por exemplo, ocupa o quinto lugar entre os principais alvos de hackers que atacam empresas.

Diante desse cenário é importante que as empresas estejam preparadas para a dinâmica do mundo digital.  A melhor maneira de estar pronto para encarar o universo da internet é contar com empresas especializadas em manter a segurança do seu negócio.

Ao optar pela instalação de um firewall de borda esteja atento aos seguintes tópicos:

1.    Avalie as necessidades da empresa

Existem tipos diferentes de firewalls que se aplicam a realidades distintas. Ao escolher o sistema a ser contratado, é importante analisar as demandas do negócio e procurar a melhor solução para ele.

2.    Considere a capacidade de detectar, monitorar e prevenir ameaças

Um sistema de firewall precisa ser eficaz na proteção completa de dados. Isso inclui desde o monitoramento recorrente das ações realizadas na rede até a capacidade de detectar qualquer problema, por menor que seja.

Para que a segurança seja garantida o fornecedor precisa atender todas as etapas. Tendo também um planejamento que permita a prevenção de ameaças que podem colocar a segurança das informações em risco.

3.    Suporte a VPN

Um firewall ideal não deve apenas proteger a segurança da rede. É necessário também que ele estabeleça e monitore canais seguros de comunicação.

Ao contratar um serviço de firewall é importante analisar aqueles que são baseados em suporte de conexões VPN, que garantem maior segurança para manter todos os dados conectados à rede.

4.    Fornecimento de relatórios

Com os sistemas de firewall existe um monitoramento constante das atividades. Além de garantir a segurança, também é importante ter acesso aos dados coletados a partir do filtro instalado.

Por isso, é importante que o sistema forneça relatórios com gráficos de fácil leitura, fornecendo as informações necessárias para você acompanhar a segurança da sua empresa.

5.    Suporte técnico

Não adianta ter um bom sistema sem o suporte técnico necessário. O fornecedor precisa estar a disposição para solucionar eventuais necessidades que o cliente venha a ter.

Ao contratar a empresa responsável pela instalação do seu firewall, certifique-se de que você terá um acompanhamento após o fechamento do contrato e também o suporte para situações que podem ocorrer no dia-a-dia.

Quer saber mais sobre o processo de instalação de Firewall de Borda de qualidade? Fale com um especialistas da Bluepex Tecnologia!