Como Funciona a Energia Solar?

Como funciona a energia solar? Este tipo de energia está sendo adotado com bastante frequência em todos os países.

Como o custo da energia solar despencou nos últimos anos, juntamente com grandes melhorias na eficiência técnica e na qualidade da produção, muitas pessoas estão começando a ver os painéis solares como uma alternativa energética viável.

À medida que a energia solar flui para os principais mercados de energia, surge uma questão básica: “Como funciona a energia solar?”

Neste artigo, explicaremos como os painéis solares produzem energia sustentável para sua casa e como a energia solar é benéfica.

Veja também – kit energia solar – Tudo que você precisa saber.

Como funciona a energia solar?

Os painéis solares absorvem a luz solar usando células fotovoltaicas, produzindo energia de corrente contínua e, em seguida, convertendo-a em energia de corrente alternada usando um inversor.

Depois disso, ele passa pelo medidor de energia elétrica e vai para os consumidores da sua casa.

Leia Mais: Tudo sobre gerador eólico

Como funciona a energia solar em sua casa

Um painel solar padrão consiste em uma camada de células de silício, uma estrutura de metal, uma placa de vidro e vários fios para permitir a penetração nas células de silício.

A luz interage com a célula de silício e coloca os elétrons em movimento, o que inicia o fluxo da corrente elétrica. Isso é chamado de “efeito fotovoltaico”, que é o princípio básico e a tecnologia dos painéis solares.

Em um processo fotovoltaico geral, conforme descrito acima, uma célula de silício absorve e converte a luz solar em eletricidade de corrente contínua, que é então convertida em eletricidade de corrente alternada usando um inversor solar.

A energia CA é distribuída por meio do painel elétrico de sua casa e disponibilizada para uso por dispositivos e eletrodomésticos.

Além das células solares de silício, o painel solar inclui um envelope de vidro que oferece durabilidade e proteção às células solares de silício.

Sob a superfície externa do vidro, o painel possui uma camada de isolamento e uma folha de proteção traseira que protege contra a dissipação de calor e umidade dentro do painel.

O isolamento é muito importante porque um aumento na temperatura levará a uma diminuição da eficiência, o que levará a uma diminuição no desempenho dos painéis solares em geral.

Os painéis solares têm um revestimento anti-reflexo que aumenta a absorção da luz solar e permite que as células de silício obtenham a exposição máxima à luz solar.

As células solares de silício são geralmente divididas em dois tipos: monocristalinas e policristalinas.

Os painéis monocristalinos consistem em um único cristal de silício e os policristalinos de fragmentos ou fragmentos de silício.

Os painéis monocristalinos fornecem mais espaço para os elétrons se moverem e, portanto, fornecem maior eficiência de energia solar do que os policristalinos, embora tendem a ser muito mais caros.

Como obter economia em casa utilizando energia solar?

Aqueles que desejam instalar um kit de painel solar antes de mais nada precisam considerar vários fatores, incluindo o custo de instalação, equipamento, escolha do instalador e garantia do equipamento.

Além desses fatores, você precisa ter certeza de que pode comprar painéis solares a um preço favorável e fornecer grande economia de energia a longo prazo.

Para quem não conhece o processo de compra e instalação de painéis solares, temos algumas dicas básicas para garantir o sucesso na escolha de uma empresa instaladora.

Três dicas básicas para a instalação de painéis solares

Mudar para fonte alternativa de energia, não só garantirá economia como também contribuirá para o meio ambiente, agora que você já sabe como funciona a energia solar, saiba porquê é uma ótima escolha.

Dica 1: Escolha de painéis solares

Assim como acontece com a compra de qualquer equipamento, a compra de painéis solares requer muita pesquisa, incluindo uma revisão completa das empresas que fazem o serviço em sua região.

Um relatório recente do Laboratório Nacional de Energia Renovável (NREL) do Departamento de Energia dos Estados Unidos encorajou os consumidores a comparar o maior número possível de fabricantes e empresas de painéis solares para evitar preços excessivos.

Dica 2: Escolha da empresa

Incentivamos fortemente as pessoas a considerarem a opção de energia solar, para tanto, é importante escolher com cuidado as empresas que prestam esse serviço.

Também é interessante se a empresa de energia solar oferecer uma gama de outros serviços.

Dica 3: Decida o local ideal para a instalação

É necessário instalar painéis solares na área mais iluminada, pode ser o telhado de uma casa, ou uma estrutura própria colocada no solo. Tudo depende da localização da sua casa.

Portanto, para escolher o local de instalação mais adequado, aconselhamos que entre em contato com os especialistas que farão os cálculos necessários para a instalação.

Ao mesmo tempo, edifícios adjacentes, árvores ou outras estruturas não devem projetar sombra no local de instalação. Interferências desnecessárias podem degradar significativamente o desempenho da bateria. A produtividade também pode ser reduzida devido ao acúmulo de poeira ou sujeira.

Portanto, para manter uma condição de funcionamento plena, é necessário limpar periodicamente a superfície dos painéis solares.

Quão eficientes são os painéis solares?

A regra básica da física, chamada lei da conservação da energia, diz que não podemos criar energia mágicamente ou fazê-la desaparecer no ar; tudo o que podemos fazer é convertê-la de uma forma para outra.

Isso significa que a célula solar não pode gerar mais energia elétrica do que recebe a cada segundo como luz. Na prática, como veremos em breve, a maioria das células converte cerca de 10 a 20 por cento da energia que recebe em eletricidade.

Uma célula solar de silício de junção única típica tem uma eficiência máxima teórica de cerca de 30%, conhecida como limite de Shockley-Keisser.

Isso ocorre principalmente porque a luz solar contém uma ampla mistura de fótons com diferentes comprimentos de onda e energias, e qualquer célula solar de junção única será otimizada para capturar fótons apenas dentro de uma certa banda de frequência, desperdiçando o resto.

Alguns dos fótons que atingem uma célula solar não têm energia suficiente para eliminar os elétrons, então eles são efetivamente desperdiçados, enquanto alguns têm muita energia e o excesso também é desperdiçado.

As melhores e mais avançadas células de laboratório podem gerenciar 46% de eficiência em condições absolutamente ideais, usando uma variedade de compostos para capturar fótons em energias diferentes.

Espero que tenha gostado de saber como funciona a energia solar. Até a próxima!

Esse conteúdo foi desenvolvido em parceria com o site Solar Eólica Renovável, um site especializado em energia renovável para você ficar atento sobre o assunto.