Quando projetos de TI atrapalham a transformação dos negócios


projetos-de-ti

Projetos de TI são iniciados quando as empresas identificam uma necessidade de mudar ou melhorar seus processos. Muitas iniciativas de melhoria de processos ou de transformação de negócios possuem um componente de TI. Recentemente trabalhei em uma empresa que estava à procura de uma solução de TI para ajudá-la a promover melhorias em seu grupo global de compras e aquisições. O fator-chave foi a necessidade de tornar as operações mais eficientes para apoiar os objetivos agressivos de crescimento dos negócios. Essencialmente, este foi um projeto de transformação dos negócios. O componente de TI, neste caso, foi uma parte fundamental do sucesso do projeto. O projeto de TI deveria entregar um sistema de transação mais eficaz para aquisições e melhores informações para a tomada de decisão.

Levando em conta os potenciais benefícios desses projetos aos negócios, não é difícil conseguir apoio e patrocínio na empresa, bem como a contratação dos recursos necessários. No entanto, as expectativas são normalmente elevadas, e nem sempre há uma clara compreensão da empresa quanto ao rigor e metodologia em torno de projetos de TI. A implementação de um sistema corporativo de TI desta envergadura precisa seguir uma metodologia que garanta que o resto dos sistemas não será afetado, seguido por uma boa governança de TI e de projeto.

Então, o que acontece quando as exigências impostas pela boa governança de TI retardam a entrega dos benefícios do projeto de transformação dos negócios? Além disso, com que frequência vemos procedimentos de TI e políticas utilizadas em nome da boa governança de TI, que não fazem sentido do ponto de vista comercial? A metodologia do projeto restringe a melhoria de processos de negócios?

A boa governança em torno de projetos de TI reduz o risco. Ao mesmo tempo, ela transfere um pouco da “responsabilidade” da solução do negócio para TI, reduz o nível de engajamento dos negócios e estende os prazos de projetos e custos. Equilibrar expectativas dos negócios com governança de TI é um desafio.

Aqui estão alguns dos principais aspectos que nós abordamos para enfrentar este desafio em nossos projetos.

  • Utilize uma abordagem de projeto iterativa. Isso garante que os pequenos sucessos possam ser entregues para os negócios e o trabalho subsequente possa ser desenvolvido a partir de cada entregável do projeto.
  • Aplique uma comunicação clara para o engajamento da empresa. Isto gerencia expectativas realistas, bem como garante que equipe do projeto fique próxima das necessidades da empresa.
  • Trabalhe com metas bem definidas e comunicadas, apoiadas por um plano de projeto bem administrado.
  • Monte uma equipe funciona forte, que entenda as necessidades e processos do negócio, as tecnologias sendo implantadas, metodologias, ferramentas e a boa governança de TI.

Autor: Kevin Sequeira é um gerente de produto na Tenrox

Artigo publicado originalmente no site PM Hut

Publicidade