O sucesso está sempre em questão


sucesso-do-projeto1

Por definição, os projetos são temporários, únicos, têm metas a cumprir, tarefas múltiplas para coordenar… às vezes entre departamentos funcionais e entre organizações muito diversas, e espera-se que tenham um impacto crítico sobre um negócio, uma organização, indústria ou um cliente… dependendo do projeto, obviamente.

Globalmente, as empresas investem bilhões de dólares anualmente em soluções de TI. Além disso, muitas organizações oferecem soluções visionárias que requerem gerentes de projeto experientes para planejar, executar, controlar, e finalizar os projetos à frente de qualquer concorrência. Infelizmente, muitos destes projetos estão em atraso e acima do orçamento, e fracassam. Grande parte de nossas vidas em gerenciamento de projetos é gasta lidando com estes projetos inquietantes e trabalhando para recuperá-los na programação agendada, tanto dentro do orçamento como das especificações. Muitos projetos são cancelados antes mesmo de serem concluídos e muitos superam suas estimativas originais. Os custos financeiros dessas falhas e derrapagens são apenas a ponta do iceberg. O rastro de destruição deixado para trás a partir desses projetos são orçamentos devastados, clientes insatisfeitos, e carreiras de gestão de projeto, por vezes, arruinadas.

No lado sucesso, é comumente citado que mais de 50% de todos os projetos falham de alguma forma. Eles podem ser considerados um fracasso por alguns stakeholders, com base em um ou mais dos três fatores determinantes de sucesso de um projeto: a entrega dentro do prazo, dentro do orçamento e com a satisfação do cliente. Alguns estudos sugerem que menos de 20% dos projetos são concluídos dentro do prazo E do orçamento. Nas organizações maiores, as notícias são ainda piores: estudos têm mostrado que menos de 10% dos projetos em grandes empresas são entregues dentro do prazo e do orçamento. E, mesmo quando esses projetos prosseguem mancando até a conclusão, muitas vezes não são mais do que meras sombras de seus requisitos funcionais originais.

Hoje, quando os gerentes de projeto assumem um projeto, devem enfrentar a realidade de que muitos clientes estão cada vez mais conscientes de como os projetos devem estar alinhados com os processos de negócio e com a estratégia. Como resultado, esses clientes esperam que os gerentes de projeto sejam capazes de traduzir as suas necessidades em implementações eficazes. Os gerentes de projeto devem estar preparados para assumir o compromisso, liderar suas equipes ao longo da execução do projeto e fazer as perguntas certas para obter um conjunto detalhado e completo de requisitos para construir uma solução adequada, e serem líderes fortes para manter o cliente engajado e contribuindo para o sucesso do projeto.

O fato é que o sucesso está sempre em questão em projetos.  Na prática, quase sempre se assume que uma solução será entregue conforme os compromissos assumidos. Como gerentes de projeto, devemos tomar isso como um desafio para superar nosso desempenho, entregar mais e motivar nossas equipes de projeto a fazerem o mesmo.  Hoje, mais do que nunca, espera-se que façamos mais com menos e que usemos habilidades diversas para entregarmos projetos de alta tecnologia que são muitas vezes inovadores e impulsionadores da carreira por natureza. Concentre-se nas melhores práticas, no que o cliente precisa (e não apenas no que ele quer), e seja o líder forte e o confiante criador de decisões que nos coloca nesta posição no primeiro lugar… e gera o sucesso para os nossos clientes de projeto e para as organizações.

Autor: Brad Egeland

Artigo publicado originalmente no site PM Tips

Publicidade