Saiba no que está se metendo antes de começar o projeto


iniciacao-do-projeto

Às vezes, a parte mais assustadora do projeto é o que você não sabe. Podemos ser avisados sobre todos os riscos potenciais, problemas, dificuldades tecnológicas, preocupações de usuário final e preocupações dos clientes, mas aquele “desconhecido” que nos ronda, relativo aos ambientes em que estamos entrando, frequentemente podem ser o mais problemático e não é para os fracos de coração. Gerentes de projeto… preparem-se para entrar na caverna da escuridão… ou comecem a fazer perguntas rápido para que não sejam pegos de surpresa por problemas ambientais, culturais, sociais e políticos que dizem respeito ao seu cliente do projeto. Você certamente não pode controlar todos estes aspectos, e você certamente não pode se preparar para tudo, mas você pode trabalhar duro para estar consciente e manter sua equipe atenta antes de pular de cabeça no projeto.

Praticamente todos os projetos são planejados e implementados em um contexto social, econômico e ambiental, e têm impactos positivos e/ou negativos intencionais e não intencionais. A equipe do projeto – a começar no topo com o gerente do projeto – deve sempre considerar o projeto em seus contextos culturais, sociais, internacionais, políticos e físicos. A percepção do projeto a partir desses pontos de vista vai ajudar a equipe a se preparar para os problemas e riscos, além de compreender o melhor os fator que cercam e impactam seu projeto.

Ambiente cultural e social

A equipe do projeto inteira precisa trabalhar duro para estar ciente de como o projeto afeta as pessoas e como as pessoas afetam o projeto. Isso pode exigir um entendimento de aspectos das características econômicas, demográficas, educacionais, éticas, étnicas, religiosas, entre outras, das pessoas a quem o projeto afeta ou que podem ter interesse no projeto. O gerente de projeto também deve examinar a cultura organizacional e determinar se o gerenciamento de projetos é reconhecido como uma função válida com responsabilidade e autoridade para gerenciar o projeto.

Ambiente internacional e político

Dependendo da localização e com quem eles estão interagindo (especialmente com um cliente remoto e uma equipe geograficamente dispersa), os membros da equipe do projeto podem precisar estar familiarizados com as leis e costumes internacionais, nacionais, regionais e locais aplicáveis, bem como o clima político que poderia afetar o projeto.

Outros fatores internacionais a serem considerados são as diferenças de fuso horário, feriados nacionais e regionais, os requisitos de viagem para encontros cara-a-cara, e a logística de teleconferência. Isto certamente vem à tela para gerentes de projetos remotos que trabalham com equipes virtuais espalhadas por um país ou ao redor do mundo. Esta situação era incomum 20 anos atrás, mas é muito comum agora, com nossa habilidade de usar a tecnologia para colaborar com nossa equipe a qualquer momento, em qualquer lugar.

Ambiente físico

Se o projeto afetará seu ambiente físico, alguns membros da equipe devem ter conhecimento sobre a ecologia local e geografia física que podem afetar o projeto ou ser afetada pelo projeto. Ao considerarmos as iniciativas ecológicas e de sustentabilidade ambiental em nossos projetos (conceitos que muitas vezes desempenham papéis grandes em projetos neste momento), o ambiente físico do projeto pode ser um grande fator.

Resumo

Não podemos saber tudo sobre o nosso cliente antes do início do projeto. Mas podemos fazer nosso dever de casa e fazer algumas perguntas importantes, de modo a ficarmos tão preparados (e produtivos) quanto possível à medida que começamos a iniciação do projeto e o próprio trabalho real do projeto. Estas perguntas ambientais sobre o cliente devem ser respondidas logo no início, e não no meio do caminho, pois elas podem definitivamente ter um efeito sobre os processos de comunicação, bem como sobre a solução adotada e outras considerações importantes.

Autor: Brad Egeland

Artigo publicado originalmente no site OnTrack

Publicidade