Os pilares essenciais de um líder de projeto


O que torna um gerente de projeto bom ? O que torna líder do projeto excelente?

Em geral, são nossas falhas que nos civilizam. Nossos sucessos apenas confirmam nossos maus hábitos. – Clive James

Agora, antes de começar, penso que é importante caracterizar o líder do projeto e o gerente de projeto.

Por quê?

Porque a mudança é a província da liderança e os projetos são um meio de mudança.

A gestão de mudanças nos negócios é difícil. É difícil porque a mudança se refere às pessoas. Algumas pessoas apoiarão o gerente do projeto, enquanto outras sabotarão ativamente seus esforços.

Inevitavelmente, as coisas não vão de acordo com o plano e as tensões aumentarão. As pessoas começam a questionar resultados ou se comportam imprevisivelmente. As barreiras aumentam e as pessoas transferem a culpa. A única certeza é que ninguém pode ser confiado para manter sua integridade.

Este é o território em que o gerente do projeto opera. E, é o gerente de projeto que tem que manter as coisas em ordem e negociar através do conflito.

Isso exige liderança. Embora um bom planejamento e uma boa programação do projeto ajudem, é a liderança do projeto que cria condições adequadas para o sucesso.

Então, vamos dar uma olhada em quatro características essenciais do líder do projeto.

1. A arte e a prática da aprendizagem

Você aprende? E, não quero dizer, você aprende com erros? Embora eu concorde que isso é importante.

Não, estou perguntando: você está aberto para aprender continuamente mais?

A primeira característica essencial do líder do projeto é aprender a aprender. Ou, como diz Peter Senge: “Aprender tudo o que precisamos aprender para alcançar os resultados que realmente desejamos”.

Mas o que isto significa? E por que isso é importante?

O maior perigo em tempos de turbulência não é a turbulência; É agir com a lógica de ontem. – Peter Drucker

Deixe-me explicar…

O mundo está mudando rapidamente. O que aprendemos com a experiência prática não é suficiente.  No entanto, muitas pessoas continuam a fazer o mesmo de sempre. Elas pulam de cabeça pensando que eles já viram ou fizeram isso antes.

Mas elas não fizeram! A vida simplesmente não é tão simples.

2. Equilíbrio das expectativas dos stakeholders

Líderes de projetos investem em relacionamentos.

Isso significa que o gerente do projeto sabe como transmitir informações para manter o projeto nos trilhos e como receber informações, sejam boas ou ruins.

Para manter as partes interessadas em equilíbrio, o líder do projeto adota estratégias de comunicação eficazes para:

  • Aumentar ou diminuir as expectativas das partes interessadas, e,
  • Transmitir informações cruciais ou instruções para manter o projeto no caminho certo.

Além disso, o líder do projeto receberá ativamente informações de volta para manter o controle. Informações, e não dados, são fundamentais para o sucesso. Os relatórios de progresso têm sua utilidade, mas eles estão sempre abertos a interpretação.

A comunicação deve ser pensada. Isso significa fazer as perguntas certas:

  • Quais são as prioridadades de meus [patrocinadores / stakeholder’s / equipe]?
  • O que os faz felizes?
  • O que os deixa tristes?
  • E, o que levanta seus espíritos?

Para responder a essas perguntas, o líder do projeto investe em relacionamentos. O líder do projeto se conecta com seus stakeholders… aprendendo a ouvir e apreciar os outros.

Da mesma forma, ao procurar informações, o líder do projeto pergunta:

  • Como vou saber que estou fazendo progresso?
  • Quem é a melhor pessoa para dizer que é verdade?
  • Como faço para que me digam?
  • E, como faço para ganhar sua confiança?

3. Planejamento e coordenação da mudança

Planejar e coordenar projetos tem pouco a ver com processos (como gerenciar riscos, cronogramas e assim por diante), e muito mais a ver com conscientização e comunicação.

Os projetos tratam da entrega de mudanças, e quando queremos que as pessoas mudem, o envio de mensagens racionais não é suficiente.

As pessoas são seres emocionais. Ver para crer.

Então, para planejar e coordenar as mudanças, o gerente do projeto deve ser visto como líder.

A resistência é o pensamento transformado em sentimento. Mude o pensamento que cria a resistência e não haverá mais resistência. – Robert Conklin

Na verdade, não há maior motivação do que o líder do projeto que está liderando pelo exemplo.

Preparar as pessoas para as mudanças exige uma boa comunicação e definir o exemplo certo. Faça as coisas que deseja ver em outros parte da sua rotina diária.

Só então as pessoas verão e acreditam por que a mudança é necessária.

4. Liderar pessoas

Então, a quarta característica essencial é liderar as pessoas.

Os projetos tem sucesso – ou fracassam – por uma variedade de razões. Mas é mais provável que sejam bem-sucedidos quando os que são centrais para a mudança trabalham juntos como uma equipe.

Você pode ser dotado das melhores pessoas, mas isso não garantirá o sucesso. Na verdade, as melhores pessoas podem não funcionar tão bem quando há pouca coesão da equipe.

Quando não podemos mais mudar uma situação, somos desafiados a mudar a nós mesmos – Victor Frankl

O papel dos líderes do projeto é levar as pessoas com um objetivo comum e reconhecer que todo sucesso depende da conquista dos outros.

Assim, o líder do projeto é responsável por criar a unidade da equipe. Por reunir um grupo de pessoas altamente talentosas e fazer mudanças acontecem.

Não basta simplesmente gerenciar uma equipe multifuncional. Você deve assumir a liderança e reunir as quatro marcas essenciais do líder do projeto.

Ou seja, aprender a aprender, investir em relacionamentos, se comunicar com paixão e compreensão, e ser visto liderando.

Autor: Martin Webster, Gestor de Sistemas de Suporte no Leicestershire County Council, na Inglaterra.  Ele têm mais de 10 anos de experiência em gestão de projetos e programas.

Artigo publicado originalmente no site PM Hut

Publicidade