Declaração de escopo do projeto: O que incluir?


declaracao-escopo-projeto1

A declaração do escopo é uma parte importante de seus projetos. É usada para mostrar os resultados que um projeto irá gerar, bem como as condições e termos em que o trabalho será realizado. Antes do início do projeto, todos os envolvidos nele devem concordar com as premissas e termos da declaração do escopo. Estes incluem os proprietários do projeto e a equipe do projeto.

Quais os itens que compõem a declaração do escopo? Certifique-se de incluir esses itens antes do início do seu projeto:

  • Justificativa  – Você precisa declarar como e por que seu projeto se originou e o escopo do trabalho esperado. Você também deve adicionar informações, como os requisitos do negócio com o qual está lidando e como quaisquer atividades relacionadas irão afetar o projeto.
  • Objetivos – Este componente de sua declaração do escopo discute os serviços, produtos ou resultados que se espera que seu projeto produza. Estes também são conhecidos como produtos, ou “deliverables”. Definir os objetivos do projeto permite que você defina o escopo global do seu projeto.
  • Limites – Não se esqueça de definir os limites do projeto. Fazer isso permite que você mantenha vários elementos separados, ou seja, explicitar as coisas que estão relacionadas ao projeto e aquelas que não estão no escopo.
  • Descrição do escopo do produto – Esta seção da declaração do escopo descreve as funções e as características dos serviços, produtos e / ou os resultados que seu projeto deverá gerar.
  • Critérios de aceitação do produto – Estas informações na declaração do escopo apresentam as condições e os processos necessários para que o tomador de decisão (ou cliente) concorde com serviços, produtos ou resultados concluídos.
  • Restrições – Você vai ter que definir as restrições que limitam o que você pode realizar no seu projeto, como e quando você pode terminá-lo, e quanto vai custar.
  • Premissas – Esta parte da declaração do escopo do projeto destaca como a informação é tratada uma vez que o plano de escopo é iniciado, planejado e executado.

Existem outras considerações que precisam ser abordadas em sua declaração do escopo do projeto? Sim. Quando você coloca sua declaração do escopo do projeto junto com o resto do seu plano de projeto, torna-se algo similar a um contrato vinculativo. Neste ponto, você e sua equipe estão concordando em entregar resultados específicos. Os proprietários do projeto também concordam que o projeto vai ser completamente bem sucedido se você alcançou todos os objetivos que você definiu.

Você também terá de identificar quaisquer limitações ao escopo ou ao projeto. Se assim for, você vai ter que determinar o que mais pode ser necessário para suportar o seu trabalho. Os proprietários do projeto também têm que concordar que não há outras questões além das que você indicou. Os proprietários devem oferecer apoio sempre que precisar.

A partir daí, todos os envolvidos no projeto têm de concordar com os termos estabelecidos na declaração do escopo, e se houver outros problemas, pode haver modificações no plano do projeto.

Naturalmente, é difícil prever o futuro do seu projeto, especialmente se você tentar prever muito à frente. Ter uma declaração de escopo do projeto bem desenvolvida permite que você mostre seus compromissos do projeto com base nas informações que você possui no momento, e o que espera que aconteça no futuro. Você também será capaz de avaliar o efeito de quaisquer alterações no projeto e fazer as alterações à declaração do escopo. Os proprietários do projeto, então, podem concordar com as alterações propostas ou tomar outras atitudes (como cancelar o projeto por completo, por exemplo).

Você já desenvolveu uma declaração do escopo do projeto? Quão bem sucedido foi o documento? Considerou que fosse benéfico para o projeto?

Autor: LEE APPLEYARD

Artigo publicado originalmente no site ProjectManagers.net

Publicidade


  • André Gusmão

    Eu sempre considerei a declaração de escopo uma das coisas mais complicadas em um projeto, provavelmente por se tratar do início, do planejamento pois acho que planejar é sempre mais complicado do que fazer. Eu procuro sempre acompanhar esses artigos que nos dão ideias bem claras de como tratar esse assunto.

  • André Gusmão

    Eu sempre considerei a declaração de escopo uma das coisas mais complicadas em um projeto, provavelmente por se tratar do início, do planejamento pois acho que planejar é sempre mais complicado do que fazer. Eu procuro sempre acompanhar esses artigos que nos dão ideias bem claras de como tratar esse assunto.

  • Adriano Melgaço

    Bom dia, Luiz!

    Eu incluo, além dos itens que deverão constar entre os requisitos do escopo, os que estarão fora do escopo, em primeiro momento.
    Essa prática nos auxilia em gerar uma base inicial, por questões de custo e tempo, bem como montar futuras fases.