6 formas de resolver o conflito em projetos


conflito-em-projetos

Um profissional uma vez me disse que ele poderia ser um melhor gerente de projetos se ele tivesse pessoas melhores para gerenciar.

Claro, bons gestores de pessoas podem trabalhar com todos os tipos de pessoas, e não fogem do desafio de encarar a dificuldade. Isto é especialmente verdadeiro quando existe conflito em um projeto. Você precisa enfrentar o conflito e não ignorá-lo. Ignorar só agrava o problema. Quanto mais cedo você enfrentá-lo, mais fácil será para resolver.

O conflito pode ocorrer com os seus gestores, seus colegas ou a sua equipe. Aqui estão alguns exemplos de conflitos que podem ocorrer em projetos.

  • Seu chefe está frustrado com o progresso do projeto e desconta em você abertamente, na frente dos outros de sua equipe;
  • Seu colega quer algo de você que você não pode fornecer, ou não pode fazer para ele dentro do prazo exigido, então ele fica com raiva;
  • Sua equipe acha que você está sendo irrealista com os prazos, então eles lidam mal com isso, levantando a voz e sendo obstrutivos.

Quando o conflito ocorrer, siga estes passos:

  1. Dê um tempo. Se você ou a outra pessoa está ficando irritado, diga-lhes que você precisa de cinco minutos para reorganizar seus pensamentos. Mesmo que você tenha pedido os cinco minutos, o objetivo é realmente que a outra parte esfrie a cabeça também. Tome um café ou dê uma volta. Pode ser surpreendente como uma curta caminhada (ou longa, dependendo do caso) pode ajudá-lo a relaxar. Isso irá ajudá-lo a se acalmar e refletir sobre o que aconteceu.
  2. Resolva a situação. Quando você reiniciar a conversa, comece com um comentário para desarmar o outro lado, como “Desculpe. Tenho estado sob pressão”, ou “Vamos começar tudo de novo”. Isso fará com que a atmosfera seja mais positiva.
  3. Identifique a causa do conflito. Muitas vezes, quando a emoção é grande, você pode perder de vista a verdadeira causa do conflito. Diga qual você acha que é a causa e veja se a outra parte concorda.
  4. Resolva o problema. A natureza da “confrontação” é que você precisa “enfrentar” o problema e resolvê-lo. Ambas as partes precisam trabalhar juntos para resolvê-lo de forma construtiva. Discuta as várias soluções para o problema e tente chegar a um acordo sobre os prós e contras de cada uma antes de decidir sobre o melhor curso de ação.
  5. Observe a linguagem corporal. Enquanto tudo isso está acontecendo, você precisa se concentrar em sua linguagem corporal. Use posições abertas. Tire suas mãos dos bolsos e nunca cruze os braços. Tente usar os movimentos lentos das mãos. Use uma voz passiva. Mantenha um bom contato visual. Ouça com atenção e observe a linguagem corporal da outra pessoa também.
  6. Faça um acordo sobre um curso de ação – e dê seguimento a ele. Isso ajuda a garantir que o conflito seja resolvido e também constrói a confiança que vai ajudar a resolver situações semelhantes no futuro.

Você pode utilizar esse processo para transformar um conflito em uma oportunidade de formação de equipe e aprendizagem.

Autora: Danielle Samllwood, da Method 1-2-3

Publicidade