Como conseguimos o comprometimento dos executivos?


comprometimento-dos-executivos

No atual ambiente volátil de negócios, os executivos estão hesitantes em gastar dinheiro precioso em projetos que poderão produzir um retorno significativo, devido a sua preocupação com o que pode mudar amanhã. Será que um fornecedor importante pode fechar suas portas? Será que a operação de um cliente será interrompida com uma nova implementação do sistema ERP? Será que um furacão vai acontecer? Embora eu ainda estou vendo cautela significativa quando se trata de dar início aos projetos, também estou enxergando um aumento substancial nas consultas sobre projetos que poderiam ajudar a mover os negócios para frente.

Então, por que o compromisso executivo é importante? A resposta óbvia é que, sem ele, nada irá acontecer. No entanto, isso pode ser menos claro do que parece. Normalmente, os altos dirigentes dizem que apoiam projetos interessantes e com potencial; no entanto, eles não os apoiam quando se trata de alocação de tempo, dinheiro e recursos humanos (em essência, quando se torna difícil). Se o executivo tem que negociar recursos multifuncionais, normalmente ele atinge bloqueios.

Na minha experiência, nestas situações parece, para as pessoas da organização, que a Diretoria mudou sua mente; no entanto, isso é raramente o caso. Pense nisso desta maneira: no atual ambiente volátil, qual dirigente não gostaria que o maior número possível de projetos que têm o potencial de melhorar o negócio fosse implementado rapidamente? Se não há nenhuma desvantagem em expressar apoio e alcançar estes resultados do projeto, por que não?

Assim, a chave para o sucesso na obtenção de compromisso verdadeiro da alta administração é apresentar uma imagem completa do projeto e obter prioridades. Qual é o melhor caminho para alcançar o sucesso?

Foco em resultados

É comum se distrair em atividades paralelas e detalhes interessantes, mas de baixa importância do projeto. Quem não prefere falar sobre o que lhes interessa ao invés do que está no caminho crítico, que pode ser considerado chato? Assim, um dos primeiros itens a ter em mente é manter o foco em resultados.

Que tarefas estão no caminho crítico? Quais são as mais importantes para garantir que os resultados serão alcançados? Você está pensando sobre os resultados do projeto? É fácil ser pego em tarefas, tarefas e mais tarefas e esquecer quais são essenciais para atingir o resultado do projeto. Como é que esta iniciativa afeta o objetivo final? Quais benefícios intangíveis podem ser realizados? Torne os benefícios claros. Amarre-os com o lucro, fluxo de caixa, etc. Idealmente, apresente o retorno sobre o investimento no projeto.

Concentre-se no que é pragmático

No ambiente atual, pragmatismo está de volta com força total! É tangível? Razoável? Atingível? Pode ser alcançado dentro de um período razoável de tempo? Na minha experiência, os clientes tornaram-se interessados ​​em garantir que o projeto é factível, já que os resultados são essenciais para seu sucesso.

Em primeira análise, parece que sempre deveria ter sido assim. No entanto, nos anos de economia forte, a preocupação com o pragmatismo foi menor, já que o negócio ia bem, mesmo que nem todos os projetos obtivessem bons resultados.

Concentre-se em melhorias tangíveis. O tempo é crucial e os recursos são escassos; eles não podem ser desperdiçados em projetos potenciais que têm uma chance de 20% de entrega de resultados pragmáticos. No entanto, saber que determinado projeto tem uma chance de 20% de sucesso pode ser um desafio. Dê um passo para trás. Compreenda plenamente os objetivos do projeto. Eles são tangíveis? Será que o plano do projeto parece ser executável? Se não, revise-o. Não basta empurrar para fora datas sem que você saiba se realmente conseguirá realizá-las. Em vez disso, pense em outras opções. Você precisa de cada passo? Todas as tarefas precisam de foco total? Desenvolva um plano tangível.

Especifique o tipo de apoio necessário

No ambiente atual de recursos limitados, uma das chaves para o sucesso na obtenção de compromisso da alta administração é apresentar a imagem completa do projeto, incluindo o apoio que será necessário (tempo, dinheiro e recursos) para entregar a sua ideia ou projeto. Você forneceu uma avaliação da prioridade do seu projeto versus outros projetos? Antecipe-se. Não evite as questões difíceis; em vez disso, trabalhe para melhorar suas habilidades de apresentação para que você possa ser bem sucedido em pedir apoio e preparar os gerentes seniores para lidar com seu projeto.

Autora: Lisa Anderson, presidente do LMA Consulting Group

Artigo publicado originalmente no site Project Times

Publicidade